segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Para Sempre


Para Sempre
(Carlos Drummond de Andrade)


Por que Deus permite

que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.

Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.

Cortar o tempo


Cortar o tempo
(Carlos Drummond de Andrade)


Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.

Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.

Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente


NÃO DEIXE O AMOR PASSAR


NÃO DEIXE O AMOR PASSAR
(Carlos Drummond de Andrade)

Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento,houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês. Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.

Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR.

Biografia

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

foto carlos drummond de andrade

Biografia, obras e estilo literário

Este consagrado poeta brasileiro nasceu em Itabira, Minas Gerais no ano de 1902. Tornou-se, pelo conjunto de sua obra, um dos principais representantes da literatura brasileira do século XX.

Concretizou seus estudos em belo Horizonte, e, neste mesmo local, deu início a sua carreira de redator, na imprensa.

Seus poemas abordam assuntos do dia a dia, e contam com uma boa dose de pessimismo e ironia diante da vida. Em suas obras, há ainda uma permanente ligação com o meio e obras politizadas. Além das poesias, escreveu diversas crônicas e contos.

Os principais temas retratados nas poesias de Drummond são: conflito social, a família e os amigos, a existência humana, a visão sarcástica do mundo e das pessoas e as lembranças da terra natal.

Dentre suas obras poéticas mais importantes destacam-se: Brejo das Almas, Sentimento do Mundo, José, Lição de Coisas, Viola de Bolso, Claro Enigma, Fazendeiro do Ar, A Vida passada a Limpo e Novos Poemas.

Talentoso também na prosa, tem suas prosas reunidas nos seguintes volumes: Confissões de Minas, Contos de Aprendiz, Passeios na Ilha e Fala Amendoeira.

Em 1980 lançou as seguintes obras: A Paixão Medida, que contém 28 poemas inéditos e A Falta que Ela me faz (crônicas e histórias).

Faleceu em 17 de agosto de 1987, no Rio de Janeiro, doze dias após a morte de sua filha única.



Conto sem Texto 3

O ENIGMA




Fonte: http://sitededicas.uol.com.br

Conto sem Texto 2

A MENINA E O CACHORRO



Fonte: http://sitededicas.uol.com.br

Conto sem Texto 1



Os Contos infantis ilustrados e sem Texto, constituem uma excelente atividade recreativa e de grande valor didático, para uso em sala de aula, eventos informais, ou ambiente doméstico.

A ideia é que as crianças vejam o conto e depois possam interpretá-lo de forma livre. Poderão mesmo criar suas próprias histórias baseadas nas ilustrações.

O MENINO E O PRESENTE








Fonte: http://sitededicas.uol.com.br



sábado, 29 de agosto de 2009

Artigo

Jean Piaget (1896-1980)
Um pioneiro no estudo da inteligência infantil
Jean Piaget (1896-1980) foi um renomado psicólogo e filósofo suíço, conhecido por seu trabalho pioneiro no campo da inteligência infantil. Piaget passou grande parte de sua carreira profissional interagindo com crianças e estudando seu processo de raciocínio. Seus estudos tiveram um grande impacto sobre os campos da Psicologia e Pedagogia.

Sua Vida

Jean Piaget nasceu no dia 9 de agosto de 1896, em Neuchâtel, na Suíça. Seu pai, um calvinista convicto, era professor universitário de Literatura medieval.

Piaget foi um menino prodígio. Interessou-se por História Natural ainda em sua infância. Aos 11 anos de idade, publicou seu primeiro trabalho sobre sua observação de um pardal albino. Esse breve estudo é considerado o início de sua brilhante carreira científica. Aos sábados, Piaget trabalhava gratuitamente no Museu de História Natural.

Piaget freqüentou a Universidade de Neuchâtel, onde estudou Biologia e Filosofia. Ele recebeu seu doutorado em Biologia em 1918, aos 22 anos de idade.

Após formar-se, Piaget foi para Zurich, onde trabalhou como psicólogo experimental. Lá ele freqüentou aulas lecionadas por Jung e trabalhou como psiquiatra em uma clínica. Essas experiências influenciaram-no em seu trabalho. Ele passou a combinar a psicologia experimental - que é um estudo formal e sistemático - com métodos informais de psicologia: entrevistas, conversas e análises de pacientes.


Em 1919, Piaget mudou-se para a França, onde foi convidado a trabalhar no laboratório de Alfred Binet, um famoso psicólogo infantil que desenvolveu testes de inteligência padronizados para crianças. Piaget notou que crianças francesas da mesma faixa etária cometiam erros semelhantes nesses testes e concluiu que o pensamento lógico se desenvolve gradualmente.

O ano de 1919 foi um marco em sua vida. Piaget iniciou seus estudos experimentais sobre a mente humana e começou a pesquisar também sobre o desenvolvimento das habilidades cognitivas. Seu conhecimento de Biologia levou-o a enxergar o desenvolvimento cognitivo de uma criança como sendo uma evolução gradativa.

Em 1921, Piaget voltou à Suíça e tornou-se diretor de estudos no Instituto J. J. Rousseau da Universidade de Genebra. Lá ele iniciou o maior trabalho de sua vida, ao observar crianças brincando e registrar meticulosamente as palavras, ações e processos de raciocínio delas.

Em 1923, Piaget casou-se com Valentine Châtenay, com quem teve três filhas: Jacqueline (1925), Lucienne (1927) e Laurent (1931). As teorias de Piaget foram, em grande parte, baseadas em estudos e observações de seus filhos que ele realizou ao lado de sua esposa.


Enquanto prosseguia com suas pesquisas e publicações de trabalhos, Piaget lecionou em diversas universidades européias. Registros revelam que ele foi o único suíço a ser convidado para lecionar na Universidade de Sorbonne (Paris, França), onde permaneceu de 1952 a 1963. Até a data de seu falecimento, Piaget fundou e dirigiu o Centro Internacional para Epistemologia Genética. Ao longo de sua brilhante carreira, Piaget escreveu mais de 75 livros e centenas de trabalhos científicos.

Piaget morreu em Genebra, em 17 de setembro de 1980.

Sua Obra


Piaget desenvolveu diversos campos de estudos científicos: a psicologia do desenvolvimento, a teoria cognitiva e o que veio a ser chamado de epistemologia genética.

A essência do trabalho de Piaget ensina que ao observarmos cuidadosamente a maneira com que o conhecimento se desenvolve nas crianças, podemos entender melhor a natureza do conhecimento humano. Suas pesquisas sobre a psicologia do desenvolvimento e a epistemologia genética tinham o objetivo de entender como o conhecimento evolui.

Piaget formulou sua teoria de que o conhecimento evolui progressivamente por meio de estruturas de raciocínio que substituem umas às outras através de estágios. Isto significa que a lógica e formas de pensar de uma criança são completamente diferentes da lógica dos adultos.

Em seu trabalho, Piaget identifica os quatro estágios de evolução mental de uma criança. Cada estágio é um período onde o pensamento e comportamento infantil é caracterizado por uma forma específica de conhecimento e raciocínio. Esses quatro estágios são: sensório-motor, pré-operatório, operatório concreto e operatório formal.


Fase 1: Sensório-motor
No estágio sensório-motor, que dura do nascimento ao 18º mês de vida, a criança busca adquirir controle motor e aprender sobre os objetos físicos que a rodeiam. Esse estágio se chama sensório-motor, pois o bebê adquire o conhecimento por meio de suas próprias ações que são controladas por informações sensoriais imediatas.

Fase 2: Pré-operatório
No estágio pré-operatório, que dura do 18º mês aos 8 anos de vida, a criança busca adquirir a habilidade verbal. Nesse estágio, ela já consegue nomear objetos e raciocinar intuitivamente, mas ainda não consegue coordenar operações fundamentais.

Fase 3: Operatório concreto
No estágio operatório concreto, que dura dos 8 aos 12 anos de vida, a criança começa a lidar com conceitos abstratos como os números e relacionamentos. Esse estágio é caracterizado por uma lógica interna consistente e pela habilidade de solucionar problemas concretos.

Fase 4: Operatório formal
No estágio operatório formal – desenvolvido entre os 12 e 15 anos de idade – a criança começa a raciocinar lógica e sistematicamente. Esse estágio é definido pela habilidade de engajar-se no raciocínio abstrato. As deduções lógicas podem ser feitas sem o apoio de objetos concretos.

No estágio das operações formais, desenvolvido a partir dos 12 anos de idade, a criança inicia sua transição para o modo adulto de pensar, sendo capaz de pensar sobre idéias abstratas.

Conclusão:
Em seus estudos sobre crianças, Jean Piaget descobriu que elas não raciocinam como os adultos. Esta descoberta levou Piaget a recomendar aos adultos que adotassem uma abordagem educacional diferente ao lidar com crianças. Ele modificou a teoria pedagógica tradicional que, até então, afirmava que a mente de uma criança é vazia, esperando ser preenchida por conhecimento. Na visão de Piaget, as crianças são as próprias construtoras ativas do conhecimento, constantemente criando e testando suas teorias sobre o mundo. Ele forneceu uma percepção sobre as crianças que serve como base de muitas linhas educacionais atuais. De fato, suas contribuições para as áreas da Psicologia e Pedagogia são imensuráveis.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Blogagem Coletiva - Consumo Consciente

real
Alimentação
CLIQUE para enviar para o orkut, seu blog ou para seu Flog
Dicas para combater o desperdício de alimentos

Planeje as compras verificando o que já tem em casa. Opte pelo essencial.

Siga a lista que preparou no supermercado. Procure fazer as compras após as refeições.

Compre verduras, legumes e frutas semanalmente.
Não se importe com pequenas imperfeições destes alimentos.
Adquira na quantidade de consumo da sua família.
Coma primeiro as frutas mais maduras.
Prepare salada de frutas, vitaminas, aproveitando os alimentos disponíveis com criatividade.
No preparo, procure aproveitar integralmente os alimentos, sempre que possível.
Cascas de abacaxi viram suco, talos de verduras enriquecem tortas, sopas, arroz, risotos, etc.

Quanto a comida estiver pronta e na temperatura ambiente, congele o excedente em porções individuais para consumo (uma concha de arroz, feijão, outros grãos cozidos, etc). Se sobrar, diminua a porção até acertar o tamanho ideal.
Congele somente comida fresca. Descongele de um dia para o outro na geladeira ou retire do congelador algumas horas antes de consumir. Nunca recongele.

Em geral, congelam muito bem :
- pratos prontos;
- pães, bolos, tortas e salgados;
- as frutas da estação viram polpa para sucos naturais nutritivos;
- molho de tomates frescos refogados;
- vegetais escaldados e resfriados em seguida por cerca de 3 minutos em cada etapa (pesquise técnica de branqueamento).
Não congelam bem : maionese, saladas cruas, ovos cozidos, batata cozida e creme de leite, entre outros.
Procure colocar no prato somente o que pretende comer. Repita se necessário.
Prefira produtos da estação. São mais baratos e saborosos.
Procure comprar produtos da região. Isto ajuda a diminuir a poluição e as perdas causadas pelo transporte da mercadoria.

Não compre alface, cenoura e outros alimentos para ficarem esquecidos e velhos na gaveta da geladeira.
E mais :
Descarte os alimentos separadamente (lixo orgânico) de outros resíduos como papel, plástico, vidro, metal e outros.

Habitue-se a ler os rótulos dos produtos : prazo de validade, informações nutricionais, calorias, ingredientes, tipos de gorduras, etc.

Procure optar por alimentos e sucos naturais. São nutritivos e geram menos lixo (embalagens de bebidas).
Orgânico ou convencional, todo alimento vindo da feira deve ser muito bem lavado antes do consumo.
Evite frituras e frios embutidos.

Alimentos ricos em fibras que ajudam no funcionamento do intestino : frutas, verduras, nozes, sementes, cereais e farinhas integrais, entre outros.
Evite consumir com grande frequência produtos industrializados/muito processados com excesso de açúcar, sal, gorduras trans, saturadas ou aditivos químicos artificiais (conservantes, corantes, aromatizantes, antioxidantes, estabilizantes e outros muitas vezes indecifráveis).
Em casa faça a "propaganda" das frutas, verduras, legumes e grãos para as crianças aprenderem a fazer escolhas alimentares certas.
Uma alimentação saudável não pode ser baseada em bolachas, salgadinhos de pacote, frituras, carnes gordurosas, guloseimas, bebidas adocicadas, fast-food...
A natureza oferece alimentos que ajudam na saúde, boa forma e longevidade.

Esta página é parte integrante do programa de educação ambiental on-line do portal NATUREBA : www.natureba.com.br .
"Responsabilidade Ambiental na Prática : Combate ao Desperdício e Preservação da Natureza."


segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Blogagem Coletiva

real
Olá pessoal, hoje estamos dando partida à Blogagem Coletiva - Consumo Consciente.

"Essa blogagem tem como objetivo, não só divulgar meios de preservar o nosso planeta, mas principalmente causar reflexão nas pessoas para causas urgentes e também como estamos agindo com a nossa Mãe Natureza.
É preciso que tomemos atitudes sensatas e imediatas para que possamos deixar para as próximas gerações um planeta melhor, mas o mais importante ainda é deixar para eles atitudes conscientes de consumo." (Olímpia)

Você também pode fazer parte dessa blogagem. É só levar o selinho da campanha para o seu blog e publicar uma postagem sobre o assunto no período de 24 a 30 deste mês.
Vamos lá, faça a sua parte!

Participe!

Água
Algumas dicas de como podemos economizar água:

  • Ao tomar banho: um banho demorado chega a gastar de 95 a 180 litros de água. Banhos curtos economizam água e energia elétrica.

  • Ao escovar os dentes: com a torneira aberta, o gasto é de até 25 litros. Primeiro escove e depois abra a torneira para encher um copo com a quantidade necessária para o enxágüe.

  • Ao apertar a descarga: uma válvula de privada no Brasil chega a utilizar 20 litros de água em um único aperto. Por isso aperte apenas o tempo necessário.

  • Ao usar as torneiras: uma torneira aberta gasta de 12 a 20 litros de água por minuto e se estiver pingando são 46 litros por dia.

  • Ao lavar louças: lavar as louças, panelas e talheres com a torneira aberta o tempo todo acaba desperdiçando até 105 litros. O certo é primeiro escovar e ensaboar e depois enxaguar tudo de uma só vez.

  • Ao lavar calçadas: muitas pessoas utilizam a mangueira como vassoura, desperdiçando água tratada na lavagem das calçadas. Use a vassoura e quando necessário um balde ao invés de deixar a mangueira aberta o tempo todo.

  • Ao lavar roupas: apenas use a máquina de lavar quando estiver bem cheia.

  • Ao lavar o automóvel: gasto médio de 560 litros em 30 minutos. Lavar apenas quando for realmente preciso, usando um balde em vez de mangueira, e a economia será de 520 litros.

  • Ao molhar plantas: primeiro, consulte a meteorologia para ver se vai chover! Regar somente o necessário usando um esguicho tipo "revólver", que libera a água só quando adicionado. Armazenar a água da chuva para molhar suas plantas.

  • Fonte: http://360graus.terra.com.br

    terça-feira, 18 de agosto de 2009

    Mensagem...

    O PODER DO PENSAMENTO
    Era uma vez um homem que vivia na beira de uma estrada e que vendia cachorro-quente.




    Ele não ouvia bem, por isso não tinha rádio.

    Ele tinha problemas com os olhos, por isso
    não lia jornais.

    Mas ele vendia bons cachorros-quentes.



    Colocava cartazes pela estrada fazendo propaganda da qualidade dos cachorros-quentes.

    Ele ficava na beira da estrada, oferecia o seu produto em voz alta, e o povo comprava.




    Lentamente foi aumentando as vendas e, também, cada vez mais aumentava a compra de salsicha e pão.

    Também comprou um fogão maior para atender os fregueses, e o negócio prosperava.




    Conseguiu dar boa escola ao filho.

    Finalmente, o filho, já formado, voltou para casa para ajudar o pai.



    Mas então uma coisa aconteceu.

    O filho falou para o pai:

    - Pai, então você não ouve rádio? Você não lê jornais? Há uma grande crise no mundo e a situação aqui no país é ainda pior. Tudo está indo para o vinagre!




    E o pai pensou:

    "Bem, meu filho estudou, lê jornais, ouve rádio, e só pode estar com a razão."


    O pai foi diminuindo as compras de salsicha e pão.

    Tirou os cartazes de propaganda.

    Já não mais forçava as vendas em voz alta, abatido pelas notícias de crise.




    As vendas foram caindo.

    Depois de um tempo, o pai falou para o filho:

    - Você estava certo, meu filho, nós certamente estamos no meio de uma grande crise...


    MORAL DA HISTÓRIA


    Se você acredita que algo pode dar certo, com esforço e perseverança, com certeza dará. Agora, se você se deixar influenciar por maus pensamentos e acreditar nele, óbvio que a probabilidade de tudo dar errado é infinitamente maior. Acredite na sua capacidade. Crie um padrão de pensamento positivo e siga em frente, sempre!

    Fonte: http://bacaninha.uol.com.br

    quarta-feira, 12 de agosto de 2009

    Dona Baratinha

    CLIQUE para enviar para o orkut, seu blog ou para seu Flog
















    Encontrei essas atividades no blog da amiga Debby

    Edu-Débora Scnhek
    Deem uma passadinha lá, vale a pena conferir!

    Beijinhos!
    Olímpia

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Ocorreu um erro neste gadget

    My Headlines

     
    Template By:
  • Giovana Templates